Lua

dezembro 19, 2007

Lua…
Rivkah

Lua que a tantos encanta!
És tão triste, tão solitária…
Os únicos a te fazerem companhia
são de longe as estrelas
e os que estão com suas amadas.
Um dia, lua, te vi chorar!
Deixaste uma lágrima escorrer…
Vi também quem pegou aquela gota rara,
foi alguém que está muito distante
que conseguiu este feito.
Estava tão triste, tão triste
que a colheu como quem colhe um orvalho
e agasalhou-a bem dentro do seu peito!
 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: