Amor

fevereiro 21, 2008

AMOR
Théo Drummond

As coisas todas que sempre falo
é porque quero que você saiba
que no meu peito quase não caiba
o amor que sinto – mas que não calo.

Embora enorme quero que cresça
amor tão grande, qual devoção,
e seja eterno quanto mereça
mesmo que exploda meu coração.

Anúncios